Quem sou eu

Minha foto
Escritor, poeta, sobrevivente! Morador de rua, uma pessoa incrível que nos tem muito a ensinar...

Esta é uma história com um Final muito Feliz!! E uma vez que todo final é sempre um recomeço, podemos dizer que é uma história que começa novamente aos 74 anos da vida de um homem...


Prezados amigos do Raimundo, 

Hoje, 23 de abril de 2013, faz 1 ano que Raimundo Arruda Sobrinho saiu da “ilha” que viveu por quase 19 anos, um canteiro da Av Pedroso de Morais, em SP.

Nascido na Zona Rural de Goiás, ele estava há 51 anos longe de sua terra Natal e ao todo viveu quase 34 anos na condição de morador de rua em SP.

Tive a honra e o privilégio de conhecê-lo, conviver com ele por quase 1 ano em frequentes visitas e ser sua amiga.

Sentado em um banquinho de madeira, vestido com sacos de plástico preto, ele passava o tempo escrevendo em “pedacinhos de papel”, delicadamente cortados no mesmo tamanho. Todos têm número de série, são datados com o ano de 1999 + o número que falta para se chegar ao ano em questão (por ex, 2012 é 1999 + 13) e assinados como “O Condicionado”.

Abaixo transcrevo a primeira Mini-Página (como ele os denomina) que ganhei:

“Ofertas, Gestos Oferta
Gestos, Páginas Autográfas.
Ponte 2
Que é o interesse do leitor,
Pela vida do autor que ele leu?
E dos demais consumidores de tudo
Que o homem fez?

Ass. O condicionado
SP 4 – 4 – 1999 + 13 (c)

Logo comecei a colecionar as Mini-Páginas, conhecer mais da obra e do homem tão especial que é Raimundo e não tardou para que fizesse esta Página para ele, com o intuito inicial de publicar a sua obra (esta é uma vontade antiga do Raimundo) e com isso fazer com que mais pessoas conheçam a grande pessoa que ele é.

Para total surpresa e alegria, em pouquíssimo tempo a família de Raimundo entrou em contato e, a partir daí, nossos esforços se voltaram para o restabelecimento dos laços familiares e inclusão social do Raimundo.

No dia 23 de abril, ele saiu das ruas e foi para o Caps do Itaim, local no qual recebeu cuidados para que pudesse retornar a Goiás, onde hoje vive com sua família!

Raimundo está muito bem, falamos sempre ao telefone e vou visitá-lo pela segunda vez em breve!

Sou eternamente grata pelo meu encontro com Raimundo, por todo aprendizado que este encontro tem me possibilitado, pela convivência com este ser iluminado e por poder servir de canal para que sua condição mudasse tanto, de forma tão plena!

Esta é uma história com um Final muito Feliz!!

E uma vez que todo final é sempre um recomeço, podemos dizer que é uma história que começa novamente aos 74 anos da vida de um homem (que por quase a metade de sua vida foi “Condicionado” às maiores adversidades que muitos de nós sequer consegue imaginar) com o merecidíssimo acolhimento e amor, ao lado dos seus familiares!

É uma grande prova de que tudo é possível e não importa quão difícil nossa condição de vida se apresente, sempre é possível melhorá-la! 

Em breve e, ao lado dele, darei mais notícias para vocês!!

Despeço-me com as sábias palavras do nosso querido poeta, escritas após retorno de uma viagem familiar:

“Desgraçado do homem que se abandona

Estas seis palavras acima indicam que, por pior
que seja a situação, nunca, nunca o homem deve
considerá-la perdida porque ninguém pode
dar garantia que adversidade seja invulnerável”

Raimundo Arruda Sobrinho, 04/11/2012

Maravilhoso Mestre!!!

Abraços Fraternos!

  

13 comentários:

  1. Gostava muito de comprar o livro quando este for editado!
    Uma lição de vida tanto do Raimundo como da senhora que o ajudou.

    Obrigada a ambos por me fazerem acreditar que ainda existe o bem nas pessoas!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela ajuda prestada ao Raimundo.

    fraterno abraço
    Marcos

    ResponderExcluir
  3. Também gostaria de comprar o livro, assim que estiver pronto!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela sua atitude o que muitas vezes faltam nas pessoas. Feliz de saber que existem anjos como você é ao senhor Raimundo muito sucesso nessa nova etapa de sua vida.

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus!!! Que história comovente e linda! Gostaria de saber mais da história de Raimundo... Afinal o livro já foi publicado? Procurei no site da Saraiva e não encontrei... Por que ele ficou tanto tempo afastado da família? Nossa, parece roteiro de filme... Parabéns ao Raimundo e a essa moça que deve ser de uma generosidade inimaginável!

    ResponderExcluir
  6. Such a wonderful story. You have given me hope!

    ResponderExcluir
  7. Me emocionei muito com a historia desse homem.

    ResponderExcluir
  8. A PAZ,

    MEU NOME É VERALEIDE, SOU PROFESSORA E ASSISTENTE SOCIAL. TIVE A OPORTUNIDADE DE CONHECER A HIST´ROA DO SSENHOR RAIMUNDO PELA INTERNET. MINISTRO AULA COMO PROFESSORA VOLUNTARIA NA FACULDADE PARA A TERCERIA IDADE - FACIMA-TI NA CIDADE DE MACEIÓ E NAS MINHAS AULAS SOBRE A IMPORTANCIA DE SER UM VOLUNTÁRIO, CITO A HISTÓRIA DO SR. RAIMUNDO E A IMPORTANCIA DESSA JOVEM NA VIDA DO SENHOR RAIMUNDO E POR ELA SE DISPOR A DEDICAR ALGUMAS HORAS DO SEU TEMPO PARA ESCUTAR A HISTÓRIA DE VIDA DO SENHOR RAIMUNDO E CONSEQUENTIMENTE CONTRIBUIU PARA QUE O MESMO RETORNASSE A SUA CIDADE E AO CONVIVIO DA FAMILIA E DA SOCIEDADE.PARABÉNS E QUE DEUS A MANTENHA COM ESTE CORAÇÃO GRANDIOSO. (VERALEIDENAZARE@GMAIL.COM).MACEIÓ-ALAGOAS

    ResponderExcluir
  9. Sem palavras !! A raça humana ainda tem cura !!! Façamos nossa parte.

    ResponderExcluir
  10. Me emocionei com a história! Você é uma pessoa de atitude e ele me lembra um daqueles velhos sábios da Índia... Fico feliz que você tenha ajudado o Raimundo a reencontrar a família... Terá um velhice digna... Parabéns!!!! Namaste!!!

    ResponderExcluir
  11. Linda atitude desta senhora em primeiramente ouvir, dar atenção a um senhor de rua, q por tantos anos foi ignorado... quantos outros Raimundos temos abandonados à própria sorte, à espera de um olhar interessado... Deus abençoe.

    ResponderExcluir
  12. Quanto custaria para publicar o livro do Sr. Raimundo?

    ResponderExcluir